Tailândia > BANGKOK

Oi gente! Enfim saiu esse post tão esperado por todos nós. Eu e meu marido aproveitamos um desses feriados malucos do Qatar de uma semana e decidimos conhecer a maravilhosa e encantadora Tailândia.

E põe maravilhosa nisso viu! Eu juro que queria morar lá e mergulhar todos dias naquele mar azul que não sei descrever de tão incrível. Pois bem, chega de lero lero porque vou contar agora como foi passar 8 dias (apenas) nesse paraíso.

Como tínhamos poucos dias, dividimos assim: 2 dias Bangkok, 2 dias Krabi, 3 dias Ko Phi Phi e por último mais 1 dia em Bangkok. Na verdade, no total foram 10 dias, é que não inclui as viagens de um lugar para o outro.

Para o post não ficar gigante, vou dividi-los em 3 ok? Acho que vai ficar melhor assim Tailândia > BANGKOK > KRABI > KO PHI PHI

Antes de tudo, importante dizer que pegamos muitas dicas nesse blog aqui: deixadefrescura.com.br, o que nos ajudou muito nessa viagem. Acho muito importante pesquisar bem os locais que vamos visitar, pois isso salva tempo e dinheiro na maioria das vezes #ficaadica.

BANGKOK

Antes de assistir o vídeo  eu aconselho a lerem o post todo primeiro, tem muitas fotos lindas, dicas e outras informações importantes que não estão no vídeo 🙂

Para começar, deixamos as malas grandes de rodinha de lado e compramos mochilões para facilitar a viagem, já que teríamos que pegar além de aviões, barcos. Então já é mais um dica que dou para vocês. Ajudou bastante na hora de entrar naqueles longtails 🙂

Obs.: Não precisa ser uma mochila do tamanho da minha (é que eu sou louca e queria trazer a Tailândia inteira dentro). haha

> Hospedagem:

Ficamos no hotel Nouvo City Hotel, localizado bem perto da Khao San Road , que é o lugar mais procurado pelos baladeiros de plantão, com muitas opções de pubs e bares barulhentos. No último dia de viagem, nós ficamos mais um dia em Bangkok e ficamos em um outro hotel o Holiday Inn Express, em um local com vários shoppings e uma região mais comercial. Adorei tb! Todos reservados pelo booking.com.

> O que fizemos lá:

1º Dia – Como chegamos na parte da tarde mais para a noite, resolvemos dar uma volta pela Khao San Road, que ficava à 10 minutinhos a pé do nosso hotel. É o local preferido de mochileiros e turistas. Você encontra gente de todo tipo e de qualquer lugar do mundo, animação total para todos os lados até altas horas!

Muitas barraquinhas de roupas, artesanatos, comida, vendendo todo tipo de coisa. Inclusive baratas, besouros, aranhas, minhocas e os famosos espetinhos de escorpião.

Vocês acham que eu comi ou não heim?!!!

Acho que pelas fotos vocês já entenderam o sufoco, eu bem que tentei mas, NÃO, eu não comi o escorpião! ARGHHHH ECAAA. Na verdade por dois motivos: o primeiro, é que eles não comem isso normalmente lá sabe, vendem só para turistas pelo que eu vi. Não sei da onde surgiu essa ideia de vender essas delícias, quem souber me conta?! O segundo motivo é que prefiro massas. hahaha

2º Dia – Fomos conhecer alguns dos belíssimos templos. Não dava para ir em todos eles e fomos em somente 2.

Grand Palace & Wat Phra Kaew > Templo do Buda de Esmeralda

O grande palácio é um lugar que se concentra um conjunto de templos belíssimos.

Todos eles são ricos em cores e detalhes. É deslumbrante e muito lindo! Lá dentro do Grande Palácio, fica o Templo do Buda de Esmeralda, que é a principal atração. Ela é venerada pelos tailândeses e admirada pelos turistas. Uma pena que não pode tirar foto na parte de dentro do templo :/

Você vê budas para todo lado e muitas esculturas douradas. Importante dizer que eles consideram extremo desrespeito se você exibir imagens do buda como uma tatuagem, camisas, o que for. Não pode, tem que esconder qualquer imagem de buda.

Valor de entrada foi: 500 Baht

Wat Pho > Templo do Buda Reclinado

Esse templo é incrível, imagina um buda gigante feito de folha de ouro, com um amarelo super vibrante. Olha ele aí…

São 46 metros de comprimento por 15 metros de altura. É muito gigante! Fiquei de boca aberta por tamanha beleza e riquezaaaa! Tive que tirar uma foto pertinho dele, claro!

36

O templo é maravilhoso, nem sei dizer qual o mais bonito. Cada um tem sua história, seus detalhes, sua arquitetura.

Além do Buda Reclinado gigante rs, o templo possui uma coleção de vários outros budas.

DICA: Para visitar os templos, use roupas confortáveis e largas, que cubra ombros, joelhos e sapatos fáceis de tirar. Isso vale para homem e mulher. Somente pode entrar nos templos descalço, ou se preferir, leve uma meia para não sujar os pés.

Sobre a roupa, NÃO sigam meu exemplo na foto acima ok?! kkk Eu sempre tenho problemas com vestimenta (e já fui barrada no Vaticano depois de 3 horas de fila #meferroenaoaprendo) Mas eu tinha lido tudo sobre roupas antes de ir, daí pensei:  “Vou de legging!!!” Resultado: Leggings são proibidas! Fui barrada… E por uma boa interpretação e muita cara de pau, foi assim: “Ahn? Sórryyy? No English, No English” Daí, eu passei direto pela roleta correndo e pelo segurança desse jeito! kkkk

Valor de entrada foi: 100 Baht e vc ganha uma água rs

Depois dos templos, nós fomos dar uma volta pelo shopping.

MBK Center

Esse shopping é super famoso na Tailândia. Conhecido por vender produtos falsificados, na verdade ele tem de tudo, roupas, sapatos, lojas de departamento, lojas de eletrônicos originais até, lojas de massagem, além de restaurantes. Mas parece mais uma mistura de 25 de março e Saara juntos. hahaha É meio caótico, mas acho que vale a visita, pois são 8 andares de “feira livre”.

E sabe o que compramos lá?? Meu marido comprou um cocô de plástico e ficou super feliz com a sua compra 🙂 Isso mesmo que você leu rs.

Vai usar pra quê? Pra “bosta”nenhuma! kkkk literalmente! Mas ele ficou feliz, isso que importa não é mesmo?!

Mas não mais feliz que eu! Eu comprei um espetacular, ultra moderno, super pau de selfie (indico a compra, apesar de achar brega) que garantiu várias fotos incríveis durante nossa viagem! (o problema que o meu marido quase não deixava eu usá-lo, pois ele disse que era ridículo) Mas achei justo depois do cocô! 🙂

Repara na foto acima que o tiozinho queria rir pra minha selfie com meu brinquedo novo!

> O que você não pode deixar de fazer:

  • Coma o famoso Pad Thai, prato típico e tem em quase todos os restaurantes pela cidade. Prove também a cerveja local!

Nós adoramos experimentar sempre as cervejas de cada lugar que visitamos! Bebemos muito a Chang e a Singha. São bem gostosinhas, parecem bem a nossa Brahma do Brasil 🙂

  • Faça a famosa massagem Tailândesa. A verdadeira é um tanto quando forte. A mulher te puxa, te joga, te contorce, mas no fim você tá novo e um pouco dolorido rs. Tem várias opções de massagem em muitos lugares pela cidade! E o preço é muito barato mesmo! Vale a pena! Nós fizemos todos os dias da viagem! Vocês acreditam que eu esqueci de tirar foto? Vou postar aqui algumas que achei nos blogs: proximosdestinos.com e lalarebelo.com

Tem até massagem com peixes que comem as células mortas dos pés! Não fiz não, pois tenho nervoso, mas achei interessante. rs

  • Ande nos famosos Tuk-Tuks! Fizemos todo o trajeto pela cidade neles.

> Dica importante:

É sempre fechar o valor antes com o motorista, e se possível ir acompanhando no google maps. A gente sempre faz isso! Pois ouvimos falar em muitos casos de golpes, como: levar os turistas para outros lugares, fazer um tour pela cidade e cobrarem mais ou então falar que o templo está fechado por ser feriado ou algo assim.

É só ficar de olho porque tem um pessoal bem mal intencionado querendo te oferecer serviços estranhos pelas ruas.

Em falar nisso, durante a noite você vê muitos malucos nas ruas te oferecendo convites para o famoso “Ping-Pong Show”. Você não sabe o que é isso? Então pesquisa lá no google que eu tenho vergonha de falar aqui rs. Bom, esse show aí, é uma das atrações famosas em Bangkok. Eu até fiquei curiosa para saber como era, mas lemos em muitos blogs que eles costumam não cobrar nada na entrada e lá dentro te cobram uma fortuna! Fora isso, é um lugar super mal frequentado e com gente barra pesada. Então pulamos esse espetáculo bizarro rs.

Dai fomos conhecer o famoso bar onde foram gravadas uma das cenas do filme ”Se beber não case 2”!

Sirocco Bar

Ele fica no hotel Lebua, é um dos restaurantes mais altos do mundo! UAU.

Subimos lá e tal, fomos muitos bem recebidos e eles perguntam se você quer jantar ou somente beber? Ainda bem que escolhemos apenas drinks, bebemos duas cervejas e a conta deu 823,90 bahts. o equivalente a 80 reais mais ou menos. Ou seja, só vale mesmo para conhecer, tirar fotos, tomar um drink e já tá valendo. Kkk Meio carinho.

A vista também vale a pena, claro!

Saindo de lá, pegamos um taxi e fomos para o hotel dormir, pois no dia seguinte teríamos que acordar cedo para ir ao próximo destino.

PRÓXIMO POST > KRABI

Não percam !!! Semana que vem aqui no Blog! Beijos :*

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *