Tailândia > Krabi

Chegamos ao paraíso! Imagina um lugar de águas claras, temperatura perfeita, nem muito quente, nem muito frio, um lugar para descansar e curtir muito as belezas naturais. Imaginou? Esse lugar se chama Railay Beach uma das praias que escolhemos para passar 2 dias em Krabi.

Se você está por fora do que estou falando aqui, é só conferir aqui o meu post anterior sobre a nossa viagem na Tailândia.

Fiz um videozinho mostrando um pouco de Krabi para vocês. Mas aconselho a ler o post aqui primeiro antes de assistir 🙂

Krabi foi nosso segundo destino, e ficamos muito na dúvida de onde se hospedar, pois a maioria dos turistas ficavam em Ao Nang. Mas depois que vimos em um blog um casal que tinha ficado na Railay Beach e amaram, então decidimos fazer o mesmo. E foi a melhor coisa que fizemos.

A praia é surpreendente, e quando você vai caminhando por ela, vai se apaixonando cada vez mais…

> Como chegamos lá?

Estávamos em Bangkok, então pegamos um vôo da companhia aérea THAI até Krabi. No aeroporto de Krabi, pegamos um ônibus que nos levou até um píer.

Quando chegamos no píer, esperamos por um tempo para juntar o número certo de pessoas para completar o longtail (aqueles barquinhos fofos de madeira) que iria nos levar para o nosso resort. Daí ficamos tirando fotinhas por lá rs.

> Hospedagem

Dentre muitas opções de resorts, escolhemos o Sandy Sea Resort. A localização era bem de frente para a praia do jeito que a gente queria. Um sonhoooo. O nosso “bangalô” era super chique, muito confortável e espaçoso.

> O que fizemos lá:

1º Dia – Nesse resort, você encontra vários tipos de passeios, os mesmos que vendem em outros locais para turistas. O primeiro passeio que fizemos, foi logo no mesmo dia que chegamos. Alugamos um caiaque para duas pessoas e fomos desbravar a Railay pelo mar.

Fomos remando e nos apaixonando muito pelo lugar. Saímos da Railay contornando pela esquerda da praia e chegamos na Phra Nang Beach. Uma praia bem calma e vazia com águas mornas. Ficamos um tempinho lá nadando e tirando fotos.

Depois de 2 horas de caiaque,  voltamos para o resort e ficamos um pouco na piscina. Aproveitamos o cansaço que estávamos do passeio e fomos fazer uma massagem no spa! Adoro!!! Aliás, fizemos massagem quase todos os dias na Tailândia, os preços são muito baratos e vale muito a pena.

2º Dia – Acordamos cedo e dentre tantas opções de passeio, escolhemos o tour da Hong Island. Fomos em um speed boat (barcos rápidos) com outros turistas e pagamos 1500bht cada um (incluindo almoço).

Lading Island

A primeira parada foi nesse lugar incrível, também conhecido como Paradise Island.

A ilha é pequena e muito maravilhosa. A parada é rápida, mas dá para fazer snorkeling tranquilamente, ver muitos peixinhos coloridos e brincar nos balanços por lá.

Dica >> Compre seu equipamento de snorkel antes da viagem, os barqueiros até emprestam durante os passeios, mas particularmente eu acho mais higiênico ter o seu exclusivo 🙂

Detalhe para o Felipe colocando um ouriço do mar na cabeça!!! Aff maluco rs

Ko Phak Bia

A segunda parada foi nessa ilha que também é um paraíso, como todas as outras. Foi lá que paramos para almoçar. Cada vez que você pensa que não tem como ficar melhor, sim, vai ficando melhor a cada lugar que você visita.

O passeio entre uma ilha e outra de barco já é surpreendente! A paisagem, o mar, o céu, as pedras, o verde, brincam de quem é mais perfeito. E na verdade, tudo se complementa num só visual. Parece até um quadro ou uma foto que foi feita toda no photoshop.

Blue Lagoon

Nossa terceira parada, me senti dentro do filme: A Lagoa Azul (apesar da água esverdeada) rsrs. Mas a água sempre muda de cor, dependendo da profundidade e de outros fatores.

Não descemos do barco pois a maré já estava baixa e corria risco do barco ficar preso. Então só demos uma voltinha pela “lagoa” de águas transparentes.

Hong Island

Enfim chegamos na nossa última parada, a praia de Hong Island. Essa é ilha é bem maior que as outras. Com águas cristalinas, peixes, rochas e bastante verde também. Ficamos um bom tempo nela 🙂

Tive que fotografar a rota de evacuação de Tsunami, a maioria das ilhas possuem avisos e pontos que podem salvar vidas no caso de um outro maremoto. Muitos turistas seguem as trilhas para poderem desfrutar do visual da ilha lá de cima.

Bom, nosso passeio de barco terminou e voltamos para a Railay a tardinha. Mas não paramos até aproveitar o último minuto do dia. Haha Foi aí que fomos caminhar para o lado direito da Railay beach. Descobrimos uma mini trilha que nos levou até uma outra praia, a Ton Sai Bay.

A trilha é mega rápida, uns 10 minutinhos ou menos.

Já de cima da trilha, você consegue ver a praia, com enormes rochas para escalada e também para apreciar o visu.

A praia é linda! Aproveitamos para tomar uma água de coco num quiosque de um hotel por ali, tirar fotos e apreciar essa maravilha.

A noitinha, saímos em busca de alguma animação. Fomos andando para o lado oposto da onde estávamos e encontramos a Railay East. Lá ficam muitos barcos ancorados e parece um mangue pois a maré baixa muito. Não encontramos nenhum agito interessante. Mas tinha um pouco mais de vida noturna do que a Railay West, além de opções de restaurantes deliciosos. Só o charme dessas luminárias nas árvores já valeram pra mim.

PRÓXIMA PARADA > Ko Phi Phi

No dia seguinte nos acordamos cedo para partir para Ko Phi Phi. Mas isso já é assunto para o próximo post, com direito a conhecer a praia onde foram gravadas cenas do filme “A Praia” com o Leornardo Dicaprio e também um incrível mergulho com tubarões!!!

Te vejo no próximo post então! bjs

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *